Casa Created with Sketch.

A beleza vulnerável das rosas

Flores típicas do hemisfério norte, as rosas pedem cuidados quando colocadas em jardins de clima tropical

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Origem: regiões temperadas do hemisfério norte e áreas tropicais montanhosas.

Características: a família das rosáceas reúne cerca de 150 espécies, geralmente com espinhos e flores solitárias ou em panículas.

Cuidados: no clima tropical, as rosas ficam mais sujeitas a fungos, por isso, recomenda-se cuidado com a umidade. Mantenha o solo seco. Deixe as regas por conta das chuvas, mesmo no inverno, quando elas são raras. Como podar: no final do inverno, primeiro corte as partes doentes e fracas e também os galhos que cruzam com outros. Depois pode os caules que sobraram aproximadamente pela metade. Em cerca de um mês, novos botões aparecem. Para evitar pragas, siga a receita caseira: misture 100 g de fumo de corda a 10 litros de água e reserve durante três dias. Depois, pulverize essa calda nas folhas e nos galhos e seu jardim ficará livre de fungos.

Floração: o ano todo

Ambiente: ensolarado

Nome popular: rosa terracota

 (/)

Nome popular: rosa osiana

 (/)

Nome popular: rosa menina

 (/)

Nome popular: rosa marlise

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s