Casa Created with Sketch.

Sofá antigo é reformado com tecido sustentável

Era um dia de trabalho como outro na vida da editora visual Zizi Carderari até ela avistar um sofá modelo chesterfield largado na rua.

A locação parece até propositada (acima), mas foi assim que Zizi encontrou...

Inconformada com o descaso com uma peça tão bacana, deixada sob uma árvore no bairro paulistano da Vila Madalena, Zizi não pensou duas vezes. Pedi ao motorista que o levasse para o estúdio do fotógrafo e fui atrás de um estofador para reformá-lo, conta. Ponto para ela, que tirou da rua um móvel em estado razoável e que certamente se degradaria até ser jogado em algum lixão se ali continuasse e o reciclou usando apenas dois recursos: um tecido novo e o trabalho de um bom profissional. Fim da história? Não, apenas o começo de outra. Para afiná-lo com os princípios da reciclagem, Zizi fez questão de revesti-lo com um tecido sustentável, um algodão produzido com retalhos da indústria de malharia de Blumenau, SC. À equipe do tapeceiro coube a reforma do estofado, que incluiu a troca das molas, das espumas e dos pés. Além disso, eles refizeram o delicado serviço do acabamento capitonê. Lindo e renovado, o sofá está preparado para continuar sua jornada, levando beleza e aconchego a uma nova moradia.

Sofá chesterfield que foi abandonado na rua.

Quanto custou:

16 m de tecido Eurofios (à venda na Aladim) R$ 560,00

Mão de obra (Pérola Negra) R$ 1 800,00

Para remeter ao cenário onde o sofá foi encontrado, Zizi escolheu como pano...

Para remeter ao cenário onde o sofá foi encontrado, Zizi escolheu como pano de fundo um biombo Charles Eames (Artesian) com adesivos de Pedro Setúbal. Para produzir o tecido (tweed cáqui) que reveste o sofá, a Eurofios compra o descarte de mais de 2 mil confecções. Louças do Estúdio Manus e mesa de centro da Arterix.

Quando o fotógrafo Marco Antônio clicou o sofá na rua, percebemos que era ...
Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s