Casa Created with Sketch.

6 bancadas de estudos para quartos de crianças e adolescentes

Selecionamos 6 bancadas de estudos bonitas presentes em quartos de crianças e adolescentes. Inspire-se!

Com a proximidade da volta às aulas, é hora de deixar os quartos dos filhos em ordem para quando o novo ano letivo começar. O ideal é criar um cantinho para a criança estudar, com uma bela bancada para apoiar os materiais. Segundo o arquiteto Décio Navarro, na hora de projetar uma bancada é superimportante estar atento à altura do móvel para não incomodar a criança. “O ideal nesses casos é planejar uma bancada com 65 cm de altura e, quando a criança crescer, subir o tampo para o padrão (75 cm). Ela não pode ser muito estreita pois dificulta o uso de um notebook, por exemplo, e também não pode ser muito profunda já que atrapalha o uso no pedaço junto à parede. Uma boa medida é 55 cm de profundidade. A largura é, em média, 70 cm por pessoa. Quanto mais larga, mais confortável, ela será”, detalha.

Anotou as dicas? Abaixo, apresentamos 6 bancadas de estudos inspiradoras para você renovar o quarto do seu pequeno e fazer com que ele não tenha mais desculpas para ficar com nota vermelha!

1. Quarto azul de menino

Foto1-bancada

No quarto infantil azul, com temática de futebol e tamanho compacto, as arquitetas Claudia Krakowiak Bitran e Ana Cristina Tavares, do escritório KTA – Krakowiak& Tavares Arquitetura, fizeram uma escrivaninha junta da lateral da cama, que conta com um baú que acompanha toda a lateral da cama (20 a 30 cm de profundidade). A bancada tem altura padrão confortável – 75 cm. A profundidade também tem uma medida de conforto, de no mínimo 60 cm, e assim cabe perfeitamente um computador. Os pais não queriam uma cadeira de escritório tradicional e pediram algo mais transado. Por isso, as arquitetas escolheram uma poltroninha gostosa, estofada e giratória. O objetivo aqui não é longa permanência.

2. Bancada curva em quarto de menina

foto2-bancada

Neste apartamento em Higienópolis, em São Paulo, cada um dos três filhos tem seu próprio quarto. Como a entrada do quarto é muito apertada, as arquitetas Ana Cristina Tavares e Claudia Krakowiak Bitran, do escritório KTA – Krakowiak& Tavares Arquitetura,  resolveram a questão projetando uma bancada em curva. A mesa curva não só resolveu a questão, como é ótima para quando a dona quarto receber uma amiga. O gaveteiro com rodízio é outra sacada inteligente, pois pode ser puxado pra qualquer canto e libera mais espaço na bancada. A filha adora rosa, por isso não foi difícil escolher o tom predominante do quarto. Essa cor está presente também nos detalhes, a exemplo do móvel todo revestido de laminado melamínico branco e puxadores embutidos. Dentro desses puxadores, uma fita rosa dá um toque especial.

3. Bancada reto em quarto de menino

foto3-bancada

No mesmo apartamento em Higienópolis, em São Paulo, as profissionais do KTA – Krakowiak& Tavares Arquitetura decoraram um quarto para o menino. Agora, as fitas que decoram armários, gaveteiro e prateleiras são azuis. A bancada fica encostada na cama e as arquitetas criaram um nicho fechado para guardar as coisas de menor uso. Vale notar que, embaixo da bancada, há um painel com portas que escondem os fios. Para acessá-los, quando necessário, basta abrir as portas. A bancada é extensa, mas a altura é padrão: 75 cm de altura.

4. Bancada neutra com nichos para livros

foto4-bancada

Ainda neste mesmo apartamento de Higienópolis, o quarto da filha mais velha privilegia os tons neutros e delicados. A moradora adora ler, por isso há bastante espaço para livros. Quem entra no quarto dá de cara com a estante e a bancada, que uma das laterais conta com prateleiras de 30 cm de altura pra alocar os livros.

5. Bancada combina com painel da cama

foto5-bancada

Este apartamento de 200 m² em Moema, São Paulo, foi reformado para agradar uma família composta por um casal e seus dois filhos. Este quarto é de um dos filhos. Aqui foi colocada uma estante de laca branca para guardar a coleção de brinquedinhos, uma das paixões do morador. Outra exigência foi a de ter uma bancada de trabalho. Para isso, o escritório combinou a mesma madeira no painel da cama. As luminárias são da La Lampe e o papel de parede da Wallpaper. Projeto do Díptico Design de Interiores.

6. Bancada para quarto pequeno

Para encerrar, apresentamos um quarto projetado pelo arquiteto Décio Navarro. Ele conta que o ambiente foi pensado para dois meninos. “A bancada faz parte de um conjunto de marcenaria. Parte com portas e parte com nichos, o móvel lembra um jogo de encaixe. Foi utilizado compensado naval com topo aparente e laminado nas cores verde e azul nas portas e partes internas”, conta o profissional. Ficou curioso? Confira o vídeo em que Décio apresentou as soluções de marcenaria aplicadas no ambiente.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s