Casa Created with Sketch.

Concreto branco: como fazer e por que usar

Ele é tão resistente quanto o convencional, mas chama ainda mais ainda a atenção pelo acabamento branco (ou quase), que dispensa revestimentos

 Já imaginou uma casa branca, feita de concreto, com acabamento impecável, sem precisar de pintura nem de outros revestimentos? Quem usa o concreto branco na construção consegue esse resultado. Se você ainda não tinha ouvido falar nele, tudo bem. É realmente pouco comum no mundo da arquitetura e construção no Brasil. “O concreto branco possui qualidades estéticas capazes de ressaltar as formas da arquitetura além de ampliar as possibilidades de combinação do concreto com outros pigmentos, gerando resultados estéticos variados”, ressalta o arquiteto paulista André Weigand.

O concreto branco é feito a partir do cimento branco estrutural. O geólogo Arnaldo Forti Battagin, gerente dos laboratórios da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland), explica que esse cimento não possui óxidos de ferro e manganês, responsáveis pela cor cinza do cimento convencional. Na receita, vai também areia, que se não for naturalmente clara, pode receber doses extras de calcário moído. No final, as características são as mesmas do concreto convencional e as aplicações, também. Vale para quem quer uma estrutura concretada aparente, mas com acabamento claro. Nesse caso, existe a vantagem do conforto térmico, “por refletir com maior eficiência a luz solar e manter a temperatura de sua superfície mais próxima à do ambiente”, explica Arnaldo. Ou para quem quer tingir o concreto, a base branca garante cores mais vibrantes e homogêneas. Se o cimento branco não for estrutural, ele pode ser usado em rejuntes e acabamentos.

Agora, chega de teoria. Que tal dar uma olhada na nossa galeria de fotos e conhecer alguns projetos bacanas com concreto e cimento brancos? Um deles é o prédio da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre (RS). Assinado pelo arquiteto português Álvaro Siza, ele ficou pronto em 2008 (a obra toda levou cinco anos) e é considerado o primeiro no país a ser erguido todo em concreto armado branco, deixado aparente. Foi a equipe responsável por esse projeto pioneiro que ajudou o arquiteto Mauro Munhoz, de São Paulo, na primeira vez com o concreto branco. “Foi uma boa experiência e pode ser usado outras vezes, desde que faça sentido”, avalia Mauro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s