Trepadeiras: exuberância em flor

As espécies floridas sobem paredes e debruçam seu colorido sobre fachadas, varandas e quintais. Aprenda a transformar seu quintal sem graça em um belo jardim.

Reportagem Visual Zizi Carderari | Texto Samira Almeida | Fotos Evelyn Müller

Divulgação
A beleza da congeia (Congea tormentosa) surpreendeu a florista Rebeca Kokubej...
A beleza da congeia (Congea tormentosa) surpreendeu a florista Rebeca Kokubej quando se mudou para esta casa. “Depois que ela floriu, passei a reparar em outras pela cidade”, diz. Com flores brancas e miúdas, a espécie tem folhas pequenas rosa-arroxeadas, que formam densos cachos entre o inverno e a primavera. Gosta muito de sol, mas é sensível a geadas. Entre os cuidados, a florista conta que precisa podá-la com frequência, sempre após as floradas. “Ela é forte e pede direcionamento, mas prefiro do jeito natural, irregular.” Sob a trepadeira, os aparadores de madeira de demolição (Father and Son) guardam louças para refeições ao ar livre. Na poltrona, almofada da Cinerama.
.
Fechar

Curta CASA CLAUDIA no Facebook

-->