Revestir 2012: escolhemos 18 lançamentos para pisos e paredes

Dicas de revestimentos incluem cerâmica fosforescente, porcelanato com estampas de animais e placas para parede feitas com pó de pedra e garrafa PET.

Texto Nilbberth Silva

Em tempos de Revestir, o time do Casa.com.br fica em polvorosa. Os designers precisam trabalhar em dobro e os repórteres e editores se ausentam de suas mesas para habitar os corredores do Expotransamérica. Estávamos na feira quase todos os dias e voltamos carregado com catálogos, press releases e anotações. Todo esse esforço para descobrir as tendências e novas tecnologias de revestimentos. Neste ano, os fabricantes anunciaram cerâmicas e porcelanatos que simulam peças e estampas dos anos 50, 60 e 70 – alguns se assemelham ao ladrilho hidráulico ou ao papel de parede. Também ficaram populares pastilhas formando mosaicos que misturam superfícies com aspecto amadeirado, metalizado ou cerâmico. Os fabricantes de cimentício apostaram em elementos vazados ou cobogós. Há também novidades curiosas ou ecologicamente corretas. É o caso revestimento cerâmico que brilha no escuro, da Lanzi; e das placas para paredes do Studio Marmo, formadas a partir de garrafa PET reciclada e resíduos de pedra. Para apresentar a você boas novidades na feira, cada profissional do site escolheu um revestimento (que revela até um pouquinho sobre a sua personalidade!). Confira os nossos preferidos na galeria abaixo.

Katia Lombardo

redacao_revestir2012_01
<p> &ldquo;A linha Cobog&oacute; Nuance, da Solarium (cimento, 40 cm X 40 cm, dezoito cores) me atrai por lembrar os edif&iacute;cios cheios de curvas de Oscar Niemeyer. Hoje com 104 anos, Niemeyer &eacute; o arquiteto mais destacado do modernismo, um movimento que revolucionou a arquitetura brasileira. Entre os seus edif&iacute;cios mais importantes est&atilde;o o Congresso Nacional, o Museu de Arte Contempor&acirc;nea de Niter&oacute;i, e a pr&oacute;pria resid&ecirc;ncia, a Casa das Canoas&rdquo;. Nilbberth Silva, estagi&aacute;rio de jornalismo e autor desta reportagem.</p>
.
Fechar

Curta o CASA.COM.BR no Facebook

-->