Plantas para uma varanda que não recebe muito sol

Em boa parte do dia, os prédios vizinhos sombreiam esta varanda.Mas o jardim está sempre viçoso porque as espécies escolhidas vivem bem sem tanto sol

Atualizado em

em CASA CLAUDIA

Marco Antonio
plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Para contemplar e relaxar

Ter um jardim com ares de casa morando em apartamento é um privilégio e tanto. No caso desta área externa de 170 m², no térreo de um edifício paulistano, a atmosfera aconchegante foi se desenhando com a criação de cantinhos: agrupamentos de vasos, a caixa de madeira que serve de banco e abriga a horta de temperos, uma mesa de refeições. Caminhos gostosos de ver e percorrer, agraciados com plantas saudáveis. Chegar a esse resultado dependeu em grande parte da escolha das espécies. “Muito próximos, os prédios vizinhos jogam sombra sobre o local. O sol bate intensamente em partes específcas, por duas ou três horas diárias apenas”, conta o paisagista Marcelo Bellotto, autor do projeto. A solução foi dar preferência a espécies que gostam de sol, mas não sofrem quando estão à sombra, caso das ripsális, dracenas e marantas.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

Observe a incidência de sol ao escolher as espécies

 

Gostam de sol 

Marco Antonio

    	Gostam de sol - Para dar flores durante boa parte do ano, o manto-de-rei (Thumbergia erecta) pede de três a seis horas diárias de sol.
Gostam de sol - Para dar flores durante boa parte do ano, o manto-de-rei (Thumbergia erecta) pede de três a seis horas diárias de sol.
Marco Antonio

    	Gostam de sol - A primavera traz as flores azuis do agapanto (Agapanthus africanus). Pede de três a seis horas de sol.
Gostam de sol - A primavera traz as flores azuis do agapanto (Agapanthus africanus). Pede de três a seis horas de sol.
Marco Antonio

    	Gostam de sol - Quanto mais luz, mais flores despontam no sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis). Mínimo de três horas de sol.
Gostam de sol - Quanto mais luz, mais flores despontam no sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis). Mínimo de três horas de sol.
Marco Antonio

    	Gostam de sol - Tempero popular, a salsinha (Petroselinum sativum) precisa de terra bem umedecida. Pede de três a seis horas diárias de sol.
Gostam de sol - Tempero popular, a salsinha (Petroselinum sativum) precisa de terra bem umedecida. Pede de três a seis horas diárias de sol.
Marco Antonio

    	Gostam de sol - A disposição das folhas inspirou o nome da dracena-de-leque (Pleomele thalioides). Pede de três a seis horas de sol por dia.
Gostam de sol - A disposição das folhas inspirou o nome da dracena-de-leque (Pleomele thalioides). Pede de três a seis horas de sol por dia.
Marco Antonio

    	Gostam de sol - Muito aromático, o manjericão (Ocimum basilicum) pode atrair a visita de abelhas. Mínimo de três horas diárias de sol.
Gostam de sol - Muito aromático, o manjericão (Ocimum basilicum) pode atrair a visita de abelhas. Mínimo de três horas diárias de sol.

 

 

 

Preferem meia-sombra

Marco Antonio

    	Preferem meia-sombra - De folhagem vistosa, a maranta-penade-pavão (Calathea veitchiana) precisa de terra bem úmida. Pede uma hora de sol.
Preferem meia-sombra - De folhagem vistosa, a maranta-penade-pavão (Calathea veitchiana) precisa de terra bem úmida. Pede uma hora de sol.
Marco Antonio

    	Preferem meia-sombra - Espécie de pouca manutenção, a medinila (Medinilla magnifica), ou uva-rosa, pede uma hora diária de sol.
Preferem meia-sombra - Espécie de pouca manutenção, a medinila (Medinilla magnifica), ou uva-rosa, pede uma hora diária de sol.
Marco Antonio

    	Preferem meia-sombra - Resistente ao clima e adaptável à sombra, a espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata) pede três horas diárias de sol.
Preferem meia-sombra - Resistente ao clima e adaptável à sombra, a espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata) pede três horas diárias de sol.

 

Reportagem Visual Juliana Hamacek | Texto Mariana Bruno | Fotos Marco Antonio | Ilustração Carlos Campoy