O rico artesanato brasileiro

Trabalhos em barro, fibra, papel, madeira, sementes e bordados.

Por Helene Zaro Koller

O Brasil é arteiro - no bom sentido. De Norte a Sul, mãos habilidosas e criativas trabalham barro, fibra, papel, madeira, sementes, tramas e bordados. Da atividade artesanal nascem as mais variadas peças, cada uma com sua marca única, que jamais poderá ser repetida. Há inclusive gente de fora que encontra sua vocação artística em terras tupiniquins. Selecionamos 25 iniciativas de diversas regiões do país, que merecem ultrapassar as fronteiras dos próprios vilarejos e cidadezinhas para ganhar a atenção e o respeito do grande público. Outro trabalho também bastante valorizado são os bordados feitos pelas artesãs da Paraíba, que encantam pelos entrelaçados exclusivos. Boa viagem.

Divulgação
Conhecida como dona Zefinha, a paraibana Maria José do Nascimento aprendeu a...
Conhecida como dona Zefinha, a paraibana Maria José do Nascimento aprendeu ainda moça a trançar a fibra do coqueiro. No início, fazia cestas, até que, num dia mais inspirado, decidiu tecer a galinha do quintal. A peça virou símbolo de seu trabalho e encantou, em 2001, a equipe da ONG Artesanato Solidário. Foi assim que dona Zefinha se tornou a mestra das mulheres de Pitimbu, município no litoral sul da Paraíba. Aprenderam com ela a desfibrar o talo da folha do coqueiro, a retirar e limpar esses fios e a trançar o xis, o passa-fita e outros pontos. Criaram frutas, flores (como a de alcachofra da foto) e animais, que garantem a renda de mais de 100 famílias e a perenidade desta arte. As peças do Trançados de Pitimbu (83 3299-1197) são vendidas em São Paulo pela Galeria Estação São Paulo (11 3813-7253).
.
Fechar

Curta o CASA.COM.BR no Facebook

-->