Jardim com problemas? Temos a solução!

Por Cynthia Frank

Divulgação

Um título para uma foto sem titulo

Suas plantas não andam lá muito viçosas? As folhas amarelam, aparecem manchas? Nem sempre essas alterações são sintomas de doença. Às vezes, você só precisa mudar o jeito de cuidar do jardim e tudo voltará ao normal. Abaixo, elencamos problemas comuns que acontecem com as espécies e soluções fáceis de adotar. Agora, se o seu problema for praga, mesmo, passe direto para a tabela que ensina a fazer remédios naturais para suas plantas

 

Quem gosta de jardim, precisa ler também:

Como cuidar bem de plantas em vasos

Jardins de mostras de decoração

 

As pontas das folhas murcham e escurecem

 

Motivo falta de água ou nutrição

Solução aumente a freqüência das regas, não o volume. Se o problema for a nutrição, experimente fazer uma adubação superficial nos primeiros 5 cm do solo

As folhas inferiores dobram e murcham e as folhas mais antigas amarelam e caem

 

Motivo excesso de água

Solução diminua o volume de água, mas não a freqüência das regas

Bordas das folhas parecem queimadas e enrolam

 

Motivo falta de umidade no ar

Solução pulverize as folhas com água e ponha os vasos em cachepôs, para que retenham mais umidade. Preencha o espaço entre os dois recipientes com esfagno, um tipo de musgo que concentra umidade sem apodrecer.

Planta está murcha e as folhas, amareladas

 

Motivo esses sinais aparecem quando a espécie pega correntes de ar

Solução mude-a para um local com a mesma incidência de luz, porém mais abrigado

A planta não cresce

 

Motivo as raízes estão compactadas e falta terra

Solução a espécie precisa de um espaço maior. Replante-a em um novo vaso, com terra adubada. Se o exemplar estiver em um canteiro, afofe a terra e proteja-a com uma cobertura de folhas secas, ou plante uma forração verde

A espécie florífera não dá flor

 

Motivo a planta precisa de adubo

Solução experimente colocar húmus de minhoca misturado com farinha de osso. Os produtos vêm com a prescrição da dosagem apropriada

Florais aparecem, mas não têm força para abrir

 

Motivo a causa mais provável é a luminosidade insuficiente

Solução mude o vaso para um local mais iluminado

Crosta esbranquiçada no exterior do vaso

 

Motivo a terra está encharcada

Solução coloque menos água e adube uma camada superficial de 5 cm de solo com uma boa dose de matéria orgânica

Formou lodo na superfície do solo

 

Motivo longo período de regas em demasia

Solução deixe de molhar a planta por mais ou menos uma semana. Quando recomeçar a colocar água, sempre espere que a terra seque entre as regas

Pequenas manchas marrons por toda a folha

 

Motivo pulverização ou rega com mangueira feitas sob o sol

Solução não molhe a planta sob sol intenso. O melhor período para colocar água é de manhã

As folhas se curvam para baixo e as flores fenecem rapidamente

 

Motivo a terra deve estar muito seca

Solução lembre-se de regar

Folhas murchas e sem vida

 

Motivo pouca luz

Solução leve a espécie para um local mais iluminado

Buracos nas folhas

 

Motivo ataque de lesmas, caracóis ou lagartas

Solução procure os bichinhos e retire-os manualmente. Veja também se a planta não está com a terra excessivamente úmida. Se for o caso, diminua a quantidade de água

Folhas acinzentadas, sem vida

 

Motivo poeira depositada sobre as folhas

Solução lave-as com água

Folhas menores que o normal e planta muito suscetível a pragas e doenças

 

Motivo falta de fertilizante

Solução adube a espécie regularmente. Se o problema persistir, mude a planta de vaso, oferecendo a ela uma terra fresca e rica em nutrientes. Em canteiros, proceda da mesma forma, adubando e renovando a terra

Curta o CASA.COM.BR no Facebook