Como pintar sua parede com tons escuros

Aprenda a escolher as cores e tratar a base para que sua parede não fique manchada. 

Atualizado em

em CASA CLAUDIA

Luis Gomes
abre-como-pintar-paredes-tons-escuros

A moradora de um sobrado em São Paulo, insatisfeita com o branco pálido e sem graça de suas paredes, pediu ao arquiteto Décio Navarro mais personalidade para os ambientes. “Começamos pela sala e defnimos algumas possibilidades de tons entre azul e violeta para a parede atrás do sofá”, diz ele. Com as tintas em mãos, foram coloridas amostras na parede. “O procedimento garante uma escolha mais certeira, já que a cor impressa na cartela é diferente da tinta passada com o rolo na parede”, explica o arquiteto. “É importante ainda observar como fca o tom em pontos onde existe mais e menos intensidade de luz, durante o dia e à noite.” Depois do tempo necessário para sentir as cores no ambiente, a moradora elegeu um azul-profundo, que se combina ao verde do corredor de entrada, refetido no espelho redondo. “É como se derramássemos amarelo no azul da sala para chegar ao verde da escada”, diz Décio.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

Sem manchas

Começar a pintura com uma lata de tinta e, ao fim dela, abrir outra pode resultar em manchas na parede, pois existem leves variações entre o tom do produto nas diferentes embalagens. Se você calculou que precisará de duas latinhas de 800 ml ou dois galões de 3,6 litros, por exemplo, o melhor a fazer é misturar o conteúdo dessas embalagens antes de iniciar a pintura.

Luis Gomes
	Décio Navarro
Décio Navarro

Décio afirma: pode se jogar que da certo

O arquiteto Décio Navarro ensina você a ousar nas tonalidades sem errar a mão.

Como combinar cores fortes nas paredes com a decoração?

Você pode se jogar de cabeça nas cores em paredes e móveis, mas precisa ter atenção ao misturá-las. Um bom conselho é começar aplicando tons fortes nas paredes e apenas em poucos acessórios, como almofadas e abajures. 

O que você diria a quem tem medo de ousar?

Mergulhe na experiência sensorial das cores e perca o receio. Afinal, com algumas demãos de branco, a parede volta ao que era antes.

*Antes de comprar a tinta citada, verifique o tom no catálogo do fabricante. a impressão da revista altera a cor original

Reportagem Visual Aldi Flosi, Edson G. Medeiros e Olivia Canato (assistente) | Texto Letícia de Almeida Alves | Fotos Evelyn Müller | Ilustração Yulia Brodskaya