Como pintar sua parede com tons escuros

Aprenda a escolher as cores e tratar a base para que sua parede não fique manchada. 

Reportagem Visual Aldi Flosi, Edson G. Medeiros e Olivia Canato (assistente) | Texto Letícia de Almeida Alves | Fotos Evelyn Müller | Ilustração Yulia Brodskaya

Luis Gomes

abre-como-pintar-paredes-tons-escuros

A moradora de um sobrado em São Paulo, insatisfeita com o branco pálido e sem graça de suas paredes, pediu ao arquiteto Décio Navarro mais personalidade para os ambientes. “Começamos pela sala e defnimos algumas possibilidades de tons entre azul e violeta para a parede atrás do sofá”, diz ele. Com as tintas em mãos, foram coloridas amostras na parede. “O procedimento garante uma escolha mais certeira, já que a cor impressa na cartela é diferente da tinta passada com o rolo na parede”, explica o arquiteto. “É importante ainda observar como fca o tom em pontos onde existe mais e menos intensidade de luz, durante o dia e à noite.” Depois do tempo necessário para sentir as cores no ambiente, a moradora elegeu um azul-profundo, que se combina ao verde do corredor de entrada, refetido no espelho redondo. “É como se derramássemos amarelo no azul da sala para chegar ao verde da escada”, diz Décio.

Divulgação

01-como-pintar-paredes-tons-escuros
<p> Lona plástica para cobrir o piso.</p>
.
Fechar

Sem manchas

Começar a pintura com uma lata de tinta e, ao fim dela, abrir outra pode resultar em manchas na parede, pois existem leves variações entre o tom do produto nas diferentes embalagens. Se você calculou que precisará de duas latinhas de 800 ml ou dois galões de 3,6 litros, por exemplo, o melhor a fazer é misturar o conteúdo dessas embalagens antes de iniciar a pintura.

Luis Gomes

decio-como-pintar-paredes-tons-escuros

Décio Navarro

Décio afirma: pode se jogar que da certo

O arquiteto Décio Navarro ensina você a ousar nas tonalidades sem errar a mão.

Como combinar cores fortes nas paredes com a decoração?

Você pode se jogar de cabeça nas cores em paredes e móveis, mas precisa ter atenção ao misturá-las. Um bom conselho é começar aplicando tons fortes nas paredes e apenas em poucos acessórios, como almofadas e abajures.

O que você diria a quem tem medo de ousar?

Mergulhe na experiência sensorial das cores e perca o receio. Afinal, com algumas demãos de branco, a parede volta ao que era antes.

*Antes de comprar a tinta citada, verifique o tom no catálogo do fabricante. a impressão da revista altera a cor original

Curta CASA CLAUDIA no Facebook

-->