Casa com decoração vibrante e peças herdadas da família

A casa tem 430 m². Ela é ampla, luminosa e arejada. Além disso, tem a decoração perfeita. É por isso que os moradores querem envelhecer aqui

Reportagem Visual Zizi Carderari | Texto Regina Galvão | Fotos Evelyn Müller

Evelyn Müller

casa-decoracao-cores

Ampla, luminosa e arejada, a morada dos sonhos de um casal aliou um bom projeto de arquitetura a uma decoração vibrante e afetuosa, com peças herdadas de família. Felizes, os donos pretendem envelhecer aqui.

Toda semana, um cheiro bom de pão recém-saído do forno toma conta dos três andares desta casa, construída em uma tranquila rua da zona norte de São Paulo. Esse é apenas um dos muitos caprichos da moradora, Flor Lima, que costuma também aromatizar os ambientes nos fns de semana com uma infusão de especiarias. “Ela é feminina e amorosa. A decoração reflete isso”, diz o designer de interiores Francisco Cálio, um amigo de longa data. “Fui a primeira cliente do Cálio. Com ele, descobri brechós e feirinhas para comprar móveis e objetos a bons preços”, conta Flor.

O que a moradora achou de reciclar móveis

 

 

Sem querer se desfazer de móveis queridos da antiga casa, Flor Lima pediu ideias de reaproveitamento ao designer Francisco Cálio. Você gostou de reciclar?

Sim, muito. Cálio transformou o guarda-roupa de minha sogra em uma linda estante para a sala. Eliminou as portas e criou divisórias para bebidas, livros e objetos. Já o armário da sala de jantar, comprado no bazar das Casas André Luiz anos atrás, virou uma cristaleira, com vidro nas portas e espelhos no fundo do móvel. A pintura de laca mudou a cara das peças.

Como a reforma trouxe mais luz natural

 

Vinte e seis anos depois do primeiro trabalho para o casal, Cálio foi chamado a interferir na nova residência. “Samuel, marido de Flor, é construtor e já tinha uma planta traçada. Fiz algumas alterações: troquei janelas e portas de lugar, abri passagens, derrubei paredes”, conta o profssional. Para Samuel, a melhor sacada foi a escada. “Eu pensava em usar granito para não gastar muito. Cálio me convenceu a investir em um modelo vazado de concreto à vista, com degraus de pranchas de madeira. Ficou mais barato e muito mais harmonioso”, diz o morador, feliz com o resultado.

Evelyn Müller
01-casa-decoracao-cores
Com ambientes abertos a casa parece ainda maior
.
Fechar

Curta CASA CLAUDIA no Facebook