Casa de campo com projeto diferente de tudo o que já viu

O starchitect Daniel Libeskind projetou uma casa de campo que parece desaparecer na paisagem e não tem um só cômodo quadrado

Por Nilbberth Silva, com informações de W Magazine e Designboom

Divulgação

00-casa-de-campo-projeto-diferente-de-tudo-o-que-ja-viu

Se você já sonhou com uma casa de campo, deve ter pensado em um refúgio secreto cercado por muito verde. Mas como conciliar privacidade e abertura para o exterior? O arquiteto estadunidense Daniel Libeskind atacou essa equação difícil no seu projeto para uma casa de campo de 185 m². O refúgio projetado para um casal ligado ao mundo das artes parece desaparecer em meio às campinas do sítio de 218 mil m² no estado americano de Connecticut. Tudo graças ao seu exterior revestido de aço inox cor de bronze refletivo.

O material reflete parcialmente a vegetação ao redor e destaca as diferentes cores que a paisagem assume conforme o tempo muda. As paredes da casa dobram-se em ângulos inesperados, assim como o teto, formando pórticos que isolam as grandes janelas de vidro de olhares curiosos. Posicionada próxima a um declive do terreno, a construção torna-se ainda mais discreta.

Libeskind é famoso pela construção de grandes edifícios de formatos complexos, como o Museu Judaico de Berlim. Mesmo reduzindo a escala, ele deixa sua marca registrada no projeto dessa casa. Nenhum dos cômodos da residência é quadrado ou retangular. Cada ângulo de visão mostra uma casa de campo com aparência diferente. Isso porque, em vez de ser uma simples caixa retangular, o exterior da casa de campo é composto por 18 planos, delimitados por 54 linhas que convergem em 36 pontos. Daí ela herda seu nome: Casa 18.36.54.

Divulgação

01-casa-de-campo-projeto-diferente-de-tudo-o-que-ja-viu
<p> O revestimento externo refletivo muda de cor conforme as mudanças no tempo.</p>
.
Fechar

Curta o CASA.COM.BR no Facebook