Apartamento de ex-solteiro com um só tom de cinza

Era para ser um apartamento de solteiro. Mas o namoro começado no meio da obra mudou o rumo desta reforma

Atualizado em

em ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO

Salvador Cordaro
apartamento-solteiro-tom-de-cinza

Pense numa caixa forrada de cimento por todos os lados. Agora entre nela. Para quem não tem intimidade com o material, a imaginação pode levar a um espaço frio e soturno. Mas o arquiteto Diego Revollo sabia, ao assumir a reforma do apartamento do jovem solteiro Leonardo, que essa opção daria amplitude à morada de 105 m2 e chegaria a um resultado elegante e acolhedor. Depois da retirada de algumas paredes e muitas molduras de gesso, Leonardo resolveu se casar. A partir de então, o desafo do arquiteto e do noivo consistia em convencer a futura moradora de que a predominância do material daria certo e não atrasaria a obra. Como o produto usado requer um tempo de secagem de 48 horas, os 355 m2 de superfícies fcaram prontos em 15 dias. Os móveis puderam ser instalados nesse prazo sem grandes problemas. “É importante dar o intervalo correto entre as duas demãos, pois os retoques são mais difíceis do que a pintura”, avisa Diego

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

Reportagem Ana Weiss (texto) e Deborah Apsan (visual) | Design Renata Rise | Fotos Salvador Cordaro | Ilustração Campoy Estúdio