4 cantos de bem-estar: terraço com piscina, quintal aconchegante...

Em busca de bem-estar, uns preferem terraço com piscina ou ofurô, e outros, um quintal gostoso

Reportagem Visual Aldi Flosi e Isabella Mendonça (assistente) Texto Silvia Gomez Fotos Marcos Antônio

Para quem mora nas grandes cidades, voltar para casa significa desacelerar. Em busca de bem-estar, vale ir atrás do ambiente ideal: para alguns, um terraço com piscina ou ofurô e, para outros, um quintal aconchegante. Depois, aproveite e visite nossa seleção de 17 móveis para áreas externas.

 

Divulgação

Feito de cumaru, como o deque (Hydrotech), o banco ao lado da piscina esconde...
Feito de cumaru, como o deque (Hydrotech), o banco ao lado da piscina esconde filtros e bomba. “Foi uma solução da falta de espaço para as espreguiçadeiras”, diz o arquiteto Gustavo Calazans. Pastilhas da Jatobá. Almofadas da Futon Company, garrafão da Futon Home, banquinhos da Cecilia Dale e mesinha azul da Zona D.

Terraço com deque e piscina

Apenas um desnível de 40 cm de altura separa o estar do terraço desta cobertura reformada pelo arquiteto Gustavo Calazans. “Precisei resolver a equação dentro e fora, já que o isolamento dos espaços sabotava a bela vista”, explica Gustavo. A integração trouxe o horizonte para dentro da sala, que ganhou a piscina de 2,50 x 1,50 m sobre o deque elevado. “Como cariocas em São Paulo, sentíamos falta do pé na areia. Nada melhor do que um espaço para tomar sol e ter contato com água. Agora temos uma prainha particular”, comemora João, morador (na foto, com a esposa, Flávia).

Divulgação

Tinas de madeira de demolição acomodam a minirromã (à esquerda) e os dois...
Tinas de madeira de demolição acomodam a minirromã (à esquerda) e os dois jasmins-manga, um de cada lado. Internamente, os vasos (Anni Verdi) são de fibra de vidro. Garden seats da Anni Verdi e toalhas da Trousseau. Bandeja e cadeira são da Ana Luiza Wawelberg. Projeto de Odilon Claro.

Terraço com deque e ofurô

A visão da copa das árvores lá fora emoldura o terraço de 36 m² da casa, decorado pelo paisagista Odilon Claro, com um deque de cumaru alternado com pedriscos e um ofurô na medida para duas pessoas, de 1,45 m de diâmetro. “Para trazer aconchego e bem-estar, usei muito madeira e plantas aromáticas, como o jasmim-manga”, diz ele. Além de esconder o aquecedor e o filtro do ofurô, o pequeno armário na lateral faz as vezes de mesinha de apoio para toalhas e velas. “Queríamos transformar a varanda do quarto num refúgio contemplativo e relaxante, como se estivéssemos num hotel de sonho, isolados do mundo”, conta Camila, a moradora.

Divulgação

Aberto como um alçapão, o armário guarda o maquinário do ofurô, que cont...
Aberto como um alçapão, o armário guarda o maquinário do ofurô, que conta com hidromassagem. Projeto de Odilon Claro.

Divulgação

Feito sob medida para o espaço, o futon da Futon Company descansa sobre uma ...
Feito sob medida para o espaço, o futon da Futon Company descansa sobre uma base de cumaru, de 1,30 x 1,50 m. As almofadas também são da Futon Company. Na sala, na área interna, veem-se os sofás da Decoramelo com tecidos do Empório Beraldin. Tapete da Clatt e luminária do Empório Beraldin. Projeto de Zize Zink.

Varanda para relaxar

“Adoro receber, mas também precisava de um canto zen e informal: um lugar reservado para ficar largado e aproveitar a vista, fala Sérgio, o morador deste apartamento. E a curva onde termina a varanda era perfeita: o canto de 9 m² oferecia privacidade, além da vista panorâmica de São Paulo. “Era o trecho mais reservado, ideal para os momentos íntimos de contemplação e relaxamento. Quando há visitas, também funciona como um lounge depois do almoço”, define a arquiteta Zize Zink, autora do projeto. Na decoração, as escolhas remetem a uma atmosfera oriental de meditação, caso do futon e do bambu-mossô, plantado em vaso.

Divulgação

O morador aproveita a luminosidade natural da varanda para ler. Projeto de Zi...
O morador aproveita a luminosidade natural da varanda para ler. Projeto de Zize Zink.

Divulgação

Cadeiras diferentes se alternam ao redor da mesa, coberta com uma toalha de l...
Cadeiras diferentes se alternam ao redor da mesa, coberta com uma toalha de linho antiga. “Seu tom de azul se harmoniza com o rosa do muro (Coral, ref. 4161-1, comprada no Império das Tintas)”, diz a arquiteta Lays Sanches. Orquídeas do Orquidário Morumby e cadeira branca da Micasa.

Quintal aconchegante à sombra da pitangueira

“Na infância, morava numa casa com quintal. Por isso, sonhava com um lugar ao ar livre para receber os amigos e fazer as refeições”, conta Adriano, o morador. Por isso, quando faz tempo bom, a área externa de 35 m² vira um ambiente de estar: sob a sombra da pitangueira, a mesa é montada com charme e informalidade, num clima de piquenique francês. “Para trazer privacidade ao espaço, sugeri a treliça de bambu com tumbérgia-azul. Assim, não foi preciso elevar o muro pintado de rosa, uma cor acolhedora, original da casa”, diz a arquiteta Lays Sanches, que assina o projeto.

Divulgação

Detalhe da mesa posta. Guardanapos da Cecilia Dale e louças da Roberto Simõ...
Detalhe da mesa posta. Guardanapos da Cecilia Dale e louças da Roberto Simões Casa e da Praia e Campo Ana Luiza Wawelberg.

Curta o CASA.COM.BR no Facebook