Casa Created with Sketch.

Antigo apartamento de Tony Bennett abriga loja da grife Huntsman

Instalado em Manhattan, o espaço de 188 metros quadrados com décor clássico e vintage foi transformado na nova loja da famosa marca britânica de ternos

Instalada em  Manhattan, a antiga moradia do cantor norte-americano Tony Bennett agora é palco para o novo espaço da grife de ternos masculinos Huntsman. Criada em 1849, a empresa é conhecida por seus ternos únicos de cortes impecáveis e feitos sob medida, que podem demorar até cinco meses para ficar pronto. A alfaiataria foi fundada na Bond Street e se mudou para a famosa Savile Row, em Londres, no ano de 1919. A nova loja da grife é a primeira “filial” a ser inaugurada em mais de 150 anos. Portanto, o espaço deveria ser à altura da marca, com ares clássicos e elegantes.

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

O apartamento de 188 metros quadrados, localizado em 130 West 57th, foi transformado em um grande salão onde os clientes são medidos durante o processo de modelação da peça de roupa, que exigem ao menos 80 horas de trabalho manual. A sala de estar principal serve como recepção e uma espécie de biblioteca de tecidos. Os quartos abrigam a sala de montagem e de corte.

O ambiente ainda inclui uma escada, herança de um duplex antigo do prédio, que funciona como um verdadeiro display para relíquias como o smoking usado pelo ator Gregory Peck, quando ganhou o Oscar em 1963. Também são encontrados por ali as medidas de celebridades como Ronald Reagan, Audrey Hepburn, Ralph Lauren, Hubert de Givenchy e Katherine Hepburn.

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

O décor do espaço foi montado com peças raríssimas: uma mesa de café da Ado Chale, um sofá Chesterfield, uma escrivaninha de 1933 projetada por Betty Joel e um retrato de Dick Banks feito por Andy Warhol. O móvel mais raro encontrado ali é a estante de 7 metros do século XVIII, que pertencia à biblioteca de um castelo britânico. No entanto, o que mais atrai no espaço para a equipe de alfaiates e clientes é a luz natural que vem de uma bela janela de altura dupla. 

Veja mais fotos do apartamento:

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

(Lily Hope Wokin/Architectural Digest)

Fonte: Architectural Digest

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s