Casa Created with Sketch.

5 quartos pequenos e confortáveis

Móveis versáteis e soluções de marcenaria aproveitam centímetros em cinco ambientes de até 13 m²

Em espaços pequenos, a ordem é não desperdiçar centímetros. Por isso, estes cinco ambientes, de até 13 m², contam com móveis enxutos e projetos de marcenaria feitos sob medida, que garantem o aproveitamento da área sem perder o conforto. Entre as ideias, há um painel que traz unidade visual, uma estante na lateral da cama, penteadeira e escritório, cantos aproveitados e um banheiro incorporado. E se você mora em um apartamento pequeno aproveite 19 ideias de decoração para espaços reduzidos.

Painel traz unidade visual Uma placa de madeira ebanizada abrange todo o comprimento da parede principal, no quarto de 11,80 m², projeto da arquiteta Paula Magnani. “Com apenas 4 cm de espessura, ela substitui uma cabeceira tradicional, roubando menos espaço do ambiente”, explica Paula. A solução foi importante para deixar uma área de circulação confortável, com 82 cm, entre a cama e o móvel da TV, uma vez que o equipamento foi um pedido expresso dos moradores. “Acomodei os aparelhos em um banco, o que evitou que o quarto ficasse com a cara de home theater.”

Para facilitar a limpeza, a base da cama fica solta do painel, de 3,05 x 1,04...

O vão entre as prateleiras do banco de madeira laqueada (Érea) ficou na med... Com profundidade de 40 cm, 10 cm a menos que o convencional, o criado-mudo é... Quarto de 11,80 m², projeto da arquiteta Paula Magnani.

Voltar ao topo

Estante na lateral da cama

Substituir a cabeceira por uma faixa de papel de parede de 1,60 m de largura teve o efeito de alongar o pé-direito neste quarto de 11,80 m². “As laterais pintadas em um tom contrastante reforçam essa impressão”, ensina a arquiteta Kharina Fiúza, dona do ambiente e autora do projeto. Como precisava de espaço para livros, Kharina posicionou uma estante ao lado da cama. “Ela tem 39 cm de profundidade, o que reduziu a área de circulação ao mínimo necessário.” A bancada estreita sob a TV oferece apoio extra. “Comporta até um laptop.”

A estante laqueada, de 2,30 x 2,20 m de altura (Ornare), abriga os livros e o...

Os criados-mudos, de 55 x 50 cm, altura de 57 cm, oferecem pouca área de apo... Kharina desenhou a bancada de 39 cm de profundidade saindo do painel. Abaixo ... Quarto de 11,80 m² da arquiteta Kharina Fiúza.

Voltar ao topo

Com penteadeira e escritório A incorporação de parte de um cômodo contíguo trouxe conforto ao quarto do casal, agora com 12,80 m². “Ganhamos quase 4 m² com essa solução, aproveitados com estantes e armários”, diz a arquiteta Paula Abbud, responsável pela reforma com a sócia, Denise Aguilar. Além da estação de trabalho e do pequeno home theater instalado no painel à frente da cama, o projeto conseguiu incluir até uma penteadeira, antigo sonho da moradora. “Fizemos o espaço render. A opção por cores claras, como o bege da cabeceira, colaborou para essa percepção.”

O nicho de 40 cm de profundidade foi preenchido com prateleiras e, na parte d...

A penteadeira de 1,30 m de largura x 40 cm de profundidade foi desenhada com ... A área do escritório pertencia à parte do outro cômodo incorporada na ref... Um tampo fixado na estante avança sobre o criado-mudo laqueado, de apenas 40... Quarto com 12,80 m² projetado pela arquiteta Paula Abbud.

Voltar ao topo

Cantos bem aproveitados

O desafio do projeto elaborado pela designer de interiores Paula Almeida era explorar o formato comprido e estreito do quarto, de 12,88 m². “Para isso, desenhei o móvel branco laqueado percorrendo o ambiente de ponta a ponta”, diz. Multifuncional, ele se desdobra em cabeceira, criado-mudo e bancada – usada ora como penteadeira, ora como apoio para o laptop. Interrompida pelas portas do banheiro e do closet, a parede à frente da cama ganhou o revestimento de freijó. “O painel confere um ar elegante ao ambiente e ampara a TV.”

Encher o quarto de detalhes coloridos foi possível graças à marcenaria neu...

O acabamento de freijó disfarça as entradas do banheiro e do closet. “Cons... Criado-mudo, bancada e cabeceira compõem uma peça de marcenaria única. “S... Com 1,30 m x 55 cm, altura de 90 cm, a bancada conta com espelho e gaveta par... Quarto com 12,88 m² projetado pela designer de interiores Paula Almeida.

Voltar ao topo

Banheiro incorporado

Ao abrir uma parte do banheiro para seu quarto, o arquiteto Flavio Hermolin ampliou visualmente o espaço. “Deixei a área do lavatório à vista, o que aumentou a impressão de profundidade”, explica. A esse respiro, somou-se a incorporação de um trecho de outro ambiente, o que permitiu somar 2 m² ao cômodo, agora com 11,60 m². Uma marcenaria meticulosa tirou proveito de cada centímetro. “Coloquei armário até no estreito corredor de saída.” No nicho à frente da cama, foram instaladas a TV e uma bancada, usada como miniescritório.

No corredor de saída, de 85 cm de largura, o arquiteto instalou um armário ...

Com 60 cm de profundidade, a bancada serve de escritório. “Em vez de cadeir... Uma bandeja retrátil de 45 cm de profundidade sai do criado-mudo quando o mo... Quarto de 11,60 m² projetado pelo arquiteto Flavio Hermolin.

Voltar ao topo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s