Casa Created with Sketch.

10 quartos inspiradores

30 ideias de decoração para deixar seu quarto ainda mais aconchegante

Em dez projetos de estilos diferentes, destacamos 30 ideias que deixam esse espaço mais gostoso de ficar. Bem planejados, práticos e aconchegantes, os ambientes têm dicas preciosas de criados-mudos, tapetes, luminárias, cabeceiras, papel e tecidos de parede, cortinas e enxoval de primeira linha.

Tudo para garantir o bem-estar dos moradores.

No centro do quarto de 37 m², a cama parece flutuar e é a grande sensação do ambiente assinado pelos arquitetos Bel Lobo e Bob Neri e pela designer Mariana Travassos. Planejado para um casal descontraído, o lugar reflete o tom contemporâneo que permeia cada uma das escolhas. As mais vistosas delas: o desenho de inspiração oriental e as medidas generosas da cama. Feita de Angelim-pedra, ela forma uma peça única com os dois criados-mudos. Como os moradores adoram ler à noite e desejavam uma cabeceira macia, ela foi estofada e revestida de sarja cáqui. “Criamos um espaço que acolhe”, diz Bel.

Um título para uma foto sem titulo

Poltrona e banqueta Charles Eames (Desmobilia) convidam ao relax. Acima do móvel de laca branca (Schneider Marcenaria), prateleiras de aço co... Fofo, o tapete de náilon se esparrama sobre o piso e propõe um agradável d... Tão calma quanto o cenário, a arrumação da cama se valeu apenas de peças...

O tecido com flores em relevo veste todas as paredes e confere uma aura de requinte ao quarto

A ideia não só aqueceu o ambiente como definiu também as linhas do projeto, todo marcado pelo mesmo matiz. “Apesar de suave, a tonalidade vanilla entra na cartela das cores quentes amareladas e traz aconchego”, diz Maria Paula. Nada aqui sai do tom. Nem a cabeceira da cama, de veludo lavável, nem a banqueta, forrada de seda rústica. Em comunhão com este requinte, os criados-mudos espelhados e o lustre de cristal encantam o olhar. Projetado pela dupla de arquitetas Maria Claudia e Maria Paula Brasil.

Os abajures, com base de vidro, haste de metal e cúpula de tecido (Christie)...

Religioso, o casal costuma rezar para pedir proteção divina à família.

Atento a essa devoção, o arquiteto João Armentano bolou uma parede com nichos. Um deles abriga imagens de santos, e os outros, livros e adereços. Para atender a um segundo desejo dos moradores, que gostam de ler jornais e revistas no quarto, Armentano criou um cantinho com a poltrona Charles Eames e uma luminária articulável presa ao teto. Elemento marcante da decoração, o branco só é quebrado pelas nuances mais alegres da roupa de cama e da tela geométrica. “Explorei a claridade para ampliar os 30 m² do espaço”, diz ele.

Um título para uma foto sem titulo

Em equilíbrio, peças cheias de cor deixam a atmosfera descontraída. Veja a... Cobrindo quase todo o piso, o tapete de seda (By Kamy) garante conforto. Objetos (Zona D, Futon & Home e Benedixt) se aliam aos abajures, com base de ... Santos, livros e adereços.

Tem a personalidade calma dos donos da casa o quarto criado pela designer de interiores Marília Brunetti de Campos Veiga.

Para abrandar a quietude visual, porém, ela elegeu algumas peças de matiz marcante e estilos variados. Bem dosados, objetos azuis e verdes alegram sem deixar a atmosfera vibrar em excesso. “Eu queria fugir da monocromia e dos tons estimulantes”, explica. A mistura proporcionou um astral suave na medida certa para o casal se recolher e folhear com tranquilidade seus livros de arte e de fotografia, deixados sobre a mesa antiga, que faz as vezes de criado-mudo.

Um título para uma foto sem titulo

O banco de apoio com tiras de pergaminho (Interni) combina com o tapete de fi... Atrás da cama, gravuras assinadas por Mira Schendel (Mônica Filgueiras Gale... No mesmo tom da banqueta Tan-Tan, de plástico (Benedixt), o vaso do tipo Mur... Almofadas de diferentes nuances alegram a cama, coberta com colcha de algodã...

Ela é romântica, ele é moderno.

Juntos, os dois economizaram durante anos para montar o primeiro apartamento e não queriam desperdiçar nenhum centavo. Quando convocaram Deborah Roig, a arquiteta resolveu desenhar todos os móveis e investir nos revestimentos para baixar o custo do projeto e conciliar o gosto do casal – executivos que têm estilos bem marcados. “Criei um ambiente personalizado para atender aos sonhos dos dois”, diz Deborah. É verdade. Móveis de linhas retas, materiais em contraste e mimos cheios de frufrus sugerem essa inspirada simbiose.

Um título para uma foto sem titulo

Este quarto precisou de muito pouco para ficar aconchegante.

Em sintonia com o pragmatismo da vida moderna, os arquitetos Fernanda Abs e Fred Benedetti apostaram em tons calmantes e peças essenciais para atender aos anseios do casal – ela atua em moda, ele é empresário –, que às vezes trabalha em casa. “Entrei na alma deles para descobrir o ambiente”, revela Fernanda. Sem perder de vista o bem-estar, os arquitetos delinearam essa atmosfera agradável com base nos detalhes. Dê uma olhada no abajur com cúpula, que pode ser orientada em diferentes posições. À noite, a peça oferece uma luminosidade calorosa.

Um título para uma foto sem titulo

Os arquitetos Fernanda Abs e Fred Benedetti apostaram em tons calmantes e pe�... Gravuras contemporâneas (Benedixt) atrás da cama. O grande atrativo nesta disposição é a colcha de retalhos de tecido indian... Vasinhos prateados com flores cor-de-rosa (Esther Giobbi) e caixa de seda no ...

Em vez da vista para a lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, a dona deste apartamento privilegiou um refúgio para os momentos de introspecção.

Da janela dos outros dois dormitórios, a paisagem é mais bonita, claro! Mas este, com certeza, oferece doses extras de conforto. Graças à reforma pontual comandada pelas arquitetas Carmen Zaccaro e Marise Kessel, o ambiente foi ampliado e ganhou espaço de sobra para acomodar alas exclusivas para o banho, o closet e a cama. “O projeto de arquitetura restringiu a contemplação, mas criamos a suíte mais agradável da casa”, diz Carmen.

Um título para uma foto sem titulo

No total, o quarto não tem metragem grande: a ala da cama ocupa apenas 14 m�... Com quatro gavetões laterais, pensados para guardar mantas e travesseiros, a... Vem da Índia o edredom (Rupee Rupee) de seda dupla face, uma florida e outra... A cortina de linho (Oficina 2) barra a luz do Sol e deixa a iluminação do q...

A cor rege a delicada composição nesta quitinete de 50 m², idealizada pelas arquitetas Marie Zancaner Caro e Mariana Bello Noya para uma jovem.

Guiadas pelo orçamento de 15 mil reais para decorar todos os ambientes, elas apostaram em um projeto alegre e cheio de truques. Primeiro, separaram sala e quarto com um painel deslizante de palha formado por quatro folhas. Assim, a moradora pode integrar ou isolar os ambientes à vontade. Depois, selecionaram uma base neutra. “Apenas as peças pequenas têm cor para distrair o olhar”, afirma Marie. “É uma boa saída em ambientes pequenos.”

Um título para uma foto sem titulo

O armário com porta deslizante e espelho também economiza espaço. Toda forrada de linho, a cabeceira (Clayf Tapeçaria) contrasta com a colcha ... O abajur colorido de Flávia del Prá (Coisas da Dóris) entra na brincadeira... Sobre a mesinha lateral cromada (Ana Luiza Wawlberg), a luminária de leitura...

Cheio de estilo, o quarto mistura com classe peças de traços, cores e acabamentos distintos.

Projetado pela decoradora Christina Hamoui para um casal que gosta de ler e ver filmes, o projeto tem intervenções irresistíveis. Destaque para os nichos de 30 cm de profundidade revestidos do mesmo linho de tom caramelo que cobre as outras paredes. Ali, objetos garimpados pelos moradores em viagens ficam à vista. Para criá-los, Christina avançou com a parede de dry-wall 1 m quarto adentro – assim, eliminou um chanfro existente. “Brincar com formas e texturas ajuda a criar uma atmosfera única”, ensina.

Um título para uma foto sem titulo

A televisão está garantida no quarto do casal que adora ver filmes. Veio de Nova York o enxoval com grife, que acentua o charme do lugar. Assinad... Nos nichos, caixas com estampa oriental (Benedixt) contracenam com os vasos p... Como o quarto é aberto para o jardim, o piso recebeu um resistente tapete (B...

No inverno de 2008, a dona deste apartamento tirou férias para escrever sua monografia em casa e percebeu que não estava satisfeita com a decoração do quarto.

Pediu ideias para alguns amigos que atuam na área e, com as dicas na mão, partiu para a mudança. Não bastava simplesmente trocar o mobiliário de lugar. Ela desejava dar cara nova ao espaço. Reinventou os móveis, mudando cores e acrescentando detalhes graciosos, tirou a antiga colcha de crochê do armário e combinou tudo com peças mais atuais, como a luminária e a banqueta, que estavam na sala.

Um título para uma foto sem titulo

 

Primorosa, a colcha de crochê herdada da avó produz um jogo lúdico com os ... Um título para uma foto sem titulo Depois de lixada e ter o verniz removido, a cômoda ganhou uma mão de primer... Um título para uma foto sem titulo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s